Home   Adão Villaverde Projetos e Leis Agenda de Atividades   Notícias Reflexão Política Outros Artigos Publicações Galeria de Fotos Galeria de Áudio Galeria de Vídeo   Links Indicados Boletim Eletrônico Contato
Boa Noite! Domingo, 16 de Dezembro de 2018 - 18:41:19  
Reflexão Política

Voltar
Artigo
Divergências não são problemas
02/10/2018 09:51

A reta final de campanha no país, bem como outros momentos políticos da história de nossa frágil democracia, sempre se prestaram a caracterizações de conjuntura que ora escorregam para ausência de precisão, ora falseiam o debate ou mesmo o instrumentalizam.

As aferições da eleição presidencial indicam forte polarização de duas candidaturas. Mas é enorme simplificação dizer que estamos diante de um confronto extremado. A não ser que isto sirva a determinadas estratégias, cujo passo seguinte é consolidar a narrativa que a disputa descambou para a irracionalidade e o objetivo final é definir a contenda como desprovida de conteúdo e bom senso e que, portanto, é hora de chamar o diálogo e aqueles que detêm racionalidade.

Não costumo utilizar-me do método de embate político que atribui ao interlocutor uma posição que ele não tem para que fique se explicando; prefiro desenvolver aqui a tese de que a candidatura à qual me alinho tem fundamentos e conteúdo.
Perdemos três eleições nas décadas de 80 e 90 aceitando a decisão do povo e quando ascendemos ao Planalto governamos rigorosamente dentro das regras do Estado Democrático de Direito Constitucional, sempre com racionalidade e diálogo.

Portanto, não foi de nosso campo que partiram as orientações para não aceitar o resultado eleitoral de 2014 e retirar do cargo, por fora da via das urnas, uma presidenta sem crime de responsabilidade. Montaram um governo de uma “confederação de investigados e condenados”, desmoralizaram as instituições e ainda ensejaram que partidos historicamente liberais hoje não alcancem sequer dois dígitos nas pesquisas.

Sem falar que o “ovo da serpente” gestou alguém que, além de ter enorme desapreço pela questão democrática, é repudiado por parcelas significativas do eleitorado feminino, com o apoio masculino, com o “ele não”.

Por favor, não simplifiquem e vamos para o terreno das ideias. Diferenças ou divergências nunca foram problemas para nós. Tornam-se problema, sim, quando não se sabe tratá-las no campo da democracia.

Autor: Adão Villaverde
Veja outros artigos com o tema Artigo.
 
 
Gabinete do Deputado Estadual Adão Villaverde
Praça Marechal Deodoro nº 101 - Gab. 308 - Centro - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300
Fone: (51) 3210.1913 - Fax: (51) 3210.1910
E-mail: villaverde@al.rs.gov.br / twitter.com/adaovillaverde